“SALZBURG – ÁUSTRIA”

Salzburg é lembrada de várias formas e por muitas razões. O castelo no alto da montanha e suas antigas e estreitas ruas são alguns dos pontos característicos. Mas quando se pensa neste lugar, nenhum outro nome vem à mente mais do que o gênio da música que encantou a Europa: Mozart. Esta é sua cidade. Seu nome e sua lembrança estão presentes em cada rua, em cada esquina. E sua música parece ainda hoje continuar impregnando esta cidade de genialidade e romantismos barrocos. Por onde quer que se ande existe uma profusão de fontes, igrejas, museus, jardins e monumentos belíssimos. A cidade de Mozart é um lugar para se ver e amar. 

 

O souvenir característico de Salzburg vem com o rosto de Mozart estampado. Seja na forma de licores, barras de chocolate, doces e até coisas mais exóticas, é impossível esquecer que ele nasceu e morou aqui. O castelo Hohensalzburg, no alto de um morro, domina toda cidade, e é uma visita obrigatória em Salzburg, sua construção foi iniciada em 1077 pelo  príncipe arcebispo Gebhard, sendo depois muito aumentado durante o século 16.

 

É a maior fortaleza conservada da Europa central. Pode-se chegar lá à pé, ou então pegando o trenzinho funicular que sai da Festungsgasse. Seus pontos mais interessantes são os aposentos em estilo gótico, o museu Rainer e o museu Mundo das Marionetes, onde há marionetes de vários países, inclusive do famoso teatro de marionetes de Salzburg.Um dos passeios mais gostosos em Salzburg é alugar uma  charrete e sair pelas ruas da cidade.

 

A igreja de São Michael, na Residenzplatz, mais antiga da cidade, construída no ano 800 e renovada em 1770. Passe pela Residenz, uma construção de 1600, onde moraram os príncipes da cidade, toda decorada com pinturas e afrescos dos séculos 16 a 19, de mestres como Rembrandt e Rubens. Conheça a Catedral da cidade, construída entre 1181 e 1200, em estilo neo-barroco, destruída por um incêndio em 1598 e reconstruída em 1614.

 

Outro local muito interessante é o Museu de Salzburg de Arte e História, com objetos contando a história desta cidade,  visita obrigatória é o prédio onde nasceu Mozart, ele está perfeitamente conservado, e lá estão móveis da família, violas, violinos, pianola e outros instrumentos utilizados por Mozart em sua infância.

 

A estátua de Mozart fica na praça de mesmo nome, e costuma ser um dos pontos preferidos dos turistas para fotografias. Não muito longe, fica o Museu de Roupas Típicas de Salzburg, lá pode-se conhecer vestimentas de várias épocas, formais e festivas, representativas de diversas regiões. Salzburg também é muito lembrada por ter sido o set de filmagens de um dos mais famosos musicais de todos os tempos, A Noviça Rebelde (The Sound of Music).

 

A história se passa nos anos anteriores à guerra, e relata as aventuras de uma quase freirinha que desiste do convento ao se apaixonar por um aristocrata de Salzburg e passa maus momentos até ser aceita pelos sete filhos do barão Von Trapp. A família Von Trapp existiu de fato, fugiu de Salzburg só com a roupa do corpo quando a Áustria foi ocupada pelos nazistas e conseguiu sobreviver graças à música. Hoje eles moram nos Estados Unidos, mas diversas locações do filme continuam atraindo curiosos e cinemaníacos à Salzburg.

 

Gegraidegasse é a mais famosa rua da cidade, e um daqueles pontos que não se pode deixar de conhecer. É quase como um shopping ao ar livre. Sua principal característica são os ornamentos de metal, verdadeiros trabalhos artísticos dourados, pendendo sobre as fachadas, e que indicam o tipo de atividade desempenhada em cada estabelecimento. Nas sapatarias há um ornamento na forma de calçado, nos chaveiros uma chave  pendurada, e assim por diante. Hoje em dia isto é uma das mais interessantes curiosidades desta rua medieval, mas antigamente, quando pouquíssimas pessoas sabiam ler, os sinais tinham uma utilidade prática: Serviam para indicar ao povo o tipo de serviço que cada estabelecimento comercial desempenhava. Visite ainda a LinzerGasse, na margem direita do rio Salzach, e a Steingasse, duas outras antigas ruas, onde também se encontram lojas e arcadas. Um dos parques mais bonitos da cidade é o formado pelos Jardins Mirabell. Foi construído em 1606 pelo príncipe Wolf Dietrich, e reconstruído após o incêndio da cidade, ocorrido em 1818. Fica no sopé da montanha onde está o castelo Hohensalzburg. Há estátuas, escadarias, muitas flores, e geralmente é o local escolhido para consertos públicos e casamentos de luxo.

 

É um dos  melhores locais da cidade para caminhadas. Depois vá até o Palácio Hellbrunn, construído nos anos 1600 pelo príncipe Markus Sittikus. Veja seus jardins em estilo barroco, fontes e os salões de seus teatros históricos. Num deles, em 1617, foi apresentada a primeira ópera cantada em língua alemã, um evento memorável e audacioso, para a época.  Outro ponto muito lembrado na cidade é o Convento Nonnberg, lar das freiras Beneditinas, fundado em 1700 por S. Rupert. Lá pode-se visitar sua linda basílica e cripta, ver os afrescos do ano 1150 e conhecer a capela de São João. Conheça ainda a Dreifaltigkeitsgasse, belíssima igreja construída entre 1694 e 1702, repleta de esculturas e outras obras de arte.