O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

Pelos Caminhos de Jesus - Novembro

Egito, Jordânia, Israel e Palestina
Saída 05/11/2018 - Retorno 21/11/2018

  • Roteiro
  • Incluso
  • Não Incluso
  • Obs
  • Mapa
  • Contato

05/11/2018: Segunda-Feira: Porto Alegre > Cairo (Egito):

Apresentação em horário determinado no Aeroporto Salgado Filho de Porto Alegre para os procedimentos de embarque. Seguiremos em voo, com destino a cidade do Cairo (Egito).

06/11/2018: Terça-Feira: Chegada em Cairo:

Após chegada na cidade de Cairo (Egito), translado para o hotel. Hospedagem. (Jantar incluído).

07/11/2018: Quarta-Feira: Cairo:

Café da manhã, após iniciaremos com a visita a cidade do Cairo, vamos aos poucos nos adaptar a cultura deste povo com mais de 7 mil anos de história. Conheceremos o Museu Egípcio, onde poderemos apreciar os mais valiosos tesouros arqueológicos do Egito Antigo e objetos da época faraônica: bigas de guerra, material bélico da época dos faraós, encontradas na tumba do Faraó Tutankamon, descobertos pelo arqueólogo Carter nas escavações, no Vale dos Reis em 1922. Os objetos pessoais deste soberano foram encontrados intactos estão neste museu, preciosidades como a máscara mortuária de Tutankamon, em ouro puro, seu magnífico sarcófago em ouro encrustado com pedras preciosas, pesando 200 quilos, bem como seu trono e escudos reais faraônicos. À tarde conheceremos às três pirâmides mais famosas do mundo, no deserto do Saara em Gizé: Keops, Kéfren e Mikerinos. Após, visita ao Colossal Esfinge, Templo da Mumificação do Faraó Kéfren. À noite poderemos fazer um passeio pelo Rio Nilo (opcional) em um navio, com jantar a bordo, com músicas árabes e danças típicas da região, incluindo dança do ventre.

08/11/2018: Quinta-Feira: Cairo:

Café da manhã, seguiremos para uma visita à Fortaleza de Saladino, também conhecida como Cidadela de Saladino, onde se encontra a Mesquita de Mohamed Ali, construída em alabastro, convertida hoje em Museu. À tarde seguiremos para Sakara, um dos maiores sítios arqueológicos do mundo, onde se encontra a famosa pirâmide escalonada do Faraó Zoser. O sítio arqueológico de Sakara é um dos maiores e o mais importante do ponto de vista histórico do Egito e se estende até as pirâmides em Gizé. Ali estão representadas as principais dinastias, desde a primeira com o Faraó Menés, até a época Ptolomaica. Tempo livre.

09/11/2018: Sexta-Feira: Cairo > Monte Sinai = (445 km):

Café da manhã, seguiremos rumo ao deserto na Península do Sinai, iniciaremos a viagem épica pelo caminho do êxodo de Moisés com o povo Hebreu em direção ao Monte Sinai. Passagem pelo Canal de Suez, que liga o Mar Vermelho ao Mediterrâneo. Viajaremos pelo bíblico Deserto de Sim, com visita as fontes das águas amargas, em Mara, onde Moisés realizou o milagre, transformando água amarga em água doce. Hoje um pequeno Oásis chamado Águas de Moisés. Continuaremos a viagem pelo deserto em direção a Refidim, onde Moisés bateu com o cajado na rocha e dela saiu água. Nessa região aconteceu à batalha contra os Amalequitas, um oásis verdejante em meio a um deserto de sol escaldante com belas montanhas. A viagem continua pelo conhecido vale da peregrinação até alcançarmos o tão esperado Monte Sinai e Monte Horebe. Hospedagem. (Jantar incluído).

10/11/2018: Sábado: Monte Sinai > Petra:

De madrugada em torno das 00:30 horas, iniciaremos a subida ao Monte Sinai, local onde Deus falou com Moisés e lhe entregou as tábuas de pedra com os 10 Mandamentos. A subida não é fácil, mas vale a pena o sacrifício para conhecer e estar no mesmo lugar onde Deus apareceu a Moisés. Na descida se tem uma vista fantástica do Monte Horebe, o Monte de Deus, onde falou com Moisés ordenando que ele voltasse para o Egito e liberta-se o Povo Hebreu da escravidão. (Opcional: passeio de madrugada para visitar o topo da montanha sagrada, depende das condições climáticas). Em horário determinado seguiremos em direção à terra prometida, pelo deserto de Edom, terra dos Edomitas, margeando o Mar Vermelho em direção à Jordânia. Após os procedimentos da fronteira em Taba, seguiremos até a cidade de Petra, hospedagem. (Jantar incluído).

11/11/2018: Domingo: Petra:

Café da manhã, seguiremos para uma visita a esta cidade única, talhada em rocha pura pelos Nabateos, que se estabeleceram por lá a mais de 2.000 anos. É chamada também como “Cidade Rosada”, pela cor das suas rochas. A entrada de Petra é através do Siq, um desfiladeiro estreito, mais de um quilômetro de longitude. Caminhar através do Siq é uma experiência única. As cores e formações das rochas são deslumbrantes. Ao chegar ao final é possível ter a primeira visão de Al-Khazneh-Tesouro. Uma fachada maciça de 30m de largura e 43m de altura foi talhada no século I, como a tumba de um Rei Nabateo. Ao entrar no vale de Petra ficaremos impressionados pela beleza natural deste lugar. Há centenas de tumbas escavadas e uma construção Nabatea de estilo Romano e o teatro que pode acomodar até 3.000 pessoas. Obeliscos, templos, altares e ruas e no alto, com vista ao vale, é o anúncio do impressionante Mosteiro, para os que estiverem a fim, poderão subir 900 degraus esculpidos na rocha para chegar a ele. A cidade de Petra foi palco dos famosos filmes de Indiana Jones. À tarde tempo livre.

12/11/2018: Segunda-Feira: Petra > Madaba > Monte Nebo > Amman:

Café da manhã, seguiremos para Madaba com visita à Igreja Ortodoxa de São Jorge, onde se encontra o primeiro mapa-mosaico da Palestina. Em horário oportuno seguiremos a nossa viagem ao Monte Nebo, local onde Moisés avistou a terra prometida e local de sua morte, com uma bela vista panorâmica do Vale do Jordão, Mar Morto e da cidade de Jericó do lado de Israel. Em horário determinado seguiremos para Amman. Hospedagem. (Jantar incluído).

13/11/2018: Terça-Feira: Amman > Jarash > Tiberias:

Café da manhã, seguiremos para conhecer Jarash, uma cidade das Decápolis nas terras de Gilead, conhecida como a “Pompéia da Ásia”. É o melhor exemplo de uma cidade do império romano no Oriente Médio. Localizada no norte da Jordânia e é rica em ruínas antigas em meio à paisagem rural do país e é um dos maiores e mais importantes sítios arqueológicos romanos fora da Itália. Após, seguiremos para cruzar a fronteira sobre a Ponte de Rei Hussein. Após o procedimento de imigração, seguiremos para Yardenit, junto ao Rio Jordão, onde poderemos fazer a renovação do batismo. Após, seguiremos para Tiberias, cidade nas margens do mar da Galiléia. Hospedagem. (Jantar incluído).

14/11/2018: Quarta-Feira: Região da Galiléia:

Café da manhã. Hoje conheceremos os lugares onde Jesus viveu: Monte das bem aventuranças, local onde Jesus ensinou aos seus discípulos o Sermão do Monte; Tabgha, local da primeira multiplicação dos Pães e Peixes, Igreja Primacia. Porto da Bíblica, cidade de Cafarnum; Centro do Ministério de Jesus na Galiléia, onde visitaremos as ruínas da casa do Apóstolo Pedro; Ruínas no local original da Sinagoga em que Jesus pregava quando estava nesta cidade. Em Cafarnaum conheceremos uma Mó de Azenha, após poderemos fazer um passeio emocionante pelo Mar da Galileia. Final da tarde retornaremos para Tiberias.

15/11/2018: Quinta-Feira: Tiberias > Kfar Kana > Nazaré > Jerusalem:

Café da manhã, seguiremos para Monte Tabor (monte da transfiguração), Kfar Kana, localizada na baixa Galiléia, identificada na tradição cristã como Cana da Galiléia.  De acordo com a tradição foi neste lugar que Jesus realizou o milagre do vinho, quando foi ao casamento de um casal pobre e transformou a água em vinho. Em horário oportuno seguiremos para Nazaré. Visitaremos a igreja da anunciação onde o Anjo Gabriel anunciou à Virgem Maria que ela geraria uma criança e onde Jesus passou sua infância com os pais, também visitaremos a casa de José. Nazaré é o segundo centro de peregrinação mais procurado de Israel (depois de Jerusalém). Em horário determinado seguiremos para Jerusalem. Hospedagem. (Jantar incluído).

16/11/2018: Sexta-Feira: Jerusalem:

Café da manhã, seguiremos ao Monte das Oliveiras, de onde teremos uma fantástica vista do Monte do Templo, conhecido na bíblia como Monte Moriá, onde se encontrava o Templo de Salomão, hoje ocupado pela Mesquita de Omar. O Monte das Oliveiras era local preferido por Jesus quando estava na cidade, e lugar de retiro para orações com seus discípulos. Pelo Monte das Oliveiras, Jesus desceu montado em um jumento para entrar em Jerusalém. Seguiremos até chegarmos à Igreja Dominus Flevit, local onde Jesus chorou sobre a cidade de Jerusalém. No final de nossa descida chegaremos ao ponto mais baixo do Monte das Oliveiras onde fica o Getsêmani, local onde Jesus foi orar angustiado na noite em que foi preso, e seu suor transformou-se em sangue. Local este, onde Judas deu o beijo da traição, e Jesus foi preso e conduzido à casa de Caifás. “No Getsêmani há muitas oliveiras antigas, mas uma delas é especial, pois, testes com carbono, comprovaram que ela tem mais de dois mil anos, ou seja, esta oliveira é da mesma época de Jesus, visitaremos também o tumulo de Maria. Deste lugar poderemos ter uma vista panorâmica do Vale do Cedrom (Vale de Josefá), localizado entre o Muro de Jerusalém e o Monte das Oliveiras, onde se encontra o Pilar de Absalão, filho do Rei Davi, o túmulo mausoléu de Zacarias. Este foi também o local do suicídio de Judas. Estaremos próximo da Porta Dourada do antigo templo de onde se deu a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém. Após, seguiremos ao Mont Sião, visitaremos o Cenáculo, local onde Jesus se reuniu com seus discípulos para celebrar a última Páscoa e Ceia, local também da descida do Espirito Santo no dia de Pentecostes e onde Jesus lavou os pés dos seus Discípulos.

17/11/2018: Sábado: Jerusalém:

Café da manhã, seguiremos para visitar a Igreja da Dormição de Maria, Ruínas da Casa de Caifás, quando Jesus foi preso do Getsêmani e foi conduzido até este local que era a casa do Sumo Sacerdote Caifás. Em cima das ruínas desta casa, Gallicantu, lugar onde Pedro negou Jesus por três vezes. Neste local Jesus ficou preso durante a madrugada quando foi interrogado pelo Sinédrio na casa de Caifás e pela manhã foi levado à Heródes e Pilatos. Após, seguiremos para a cidade velha de Jerusalém, entrando pela Porta dos Leões, local onde foi apedrejado Santo Estevão. Posteriormente, seguiremos ao tanque de Betesta, local da cura de um paralítico por Jesus. Em seguida, iniciaremos a caminhada pela Via Dolorosa, ao Santo Sepulcro, percorrendo o caminho que Jesus fez carregando a cruz desde a primeira estação onde Pilatos lavou as suas mãos na antiga dependência da Fortaleza Antonia, onde Jesus recebeu a cruz, até o local onde foi crucificado, chamado Gólgota. Dentro do Santo Sepulcro encerra-se a caminhada na Via Dolorosa. Após subimos no Gólgota, onde Jesus foi crucificado, sepultado e ressuscitado. Após, tempo livre no centro da Jerusalém antiga.

18/11/2018: Domingo: Jerusalém > Belém > Jericó > Mar Morto:

Café da manhã, seguiremos para Belém, onde conheceremos as Cavernas dos Pastores e a Igreja da Natividade, local segundo a Bíblia, onde Jesus nasceu. Após nossa visita a Belém, seguiremos para Jericó, considerada a cidade mais antiga da Terra, conquistada pelos Hebreus, comandado por Josué, após 40 anos de peregrinação pelo deserto, conhecido como “A Queda dos Muros de Jericó”. Visitaremos as ruínas desta cidade, da época da conquista da terra prometida. Visitaremos também o local tradicional onde fica a figueira que Zaqueu subiu para ver Jesus passar, Monte da tentação de Jesus. Após, seguiremos para o Mar Morto. Hospedagem. (Jantar incluído).

19/11/2018: Segunda-Feira: Mar Morto > Qumran > Mar Morto:

Café da manhã, após seguiremos para conhecer as Cavernas de Qumran, na beira do Mar Morto, onde em 1947 foram descobertos os famosos Pergaminhos do Mar Morto. Em horário determinado retornaremos para o hotel, tempo livre para usufruir das águas do mar morto.

(Jantar incluído).

20/11/2018: Terça-Feira: Mar Morto > Cesareia > Yafo > Telaviv:

Café da manhã, após seguiremos para Cesareia, onde faremos um passeio para conhecer a cidade considerada do passado e do futuro, o novo em oposição ao antigo. Enquanto a nova Cesareia é embelecida com casas modernas magníficas, a Cesareia antiga oferece aos turistas as ruínas de edificações únicas e impressivas. Cesareia antiga está fervilhando de turistas que vêm ver as maravilhas do passado, que foram construídas por um dos maiores construtores do mundo antigo, o Rei Herodes. O Parque de Antiguidades de Cesareia é um dos parques mais impressionantes de Israel. Ele abriga edificações de vários períodos, um testemunho silencioso das mudanças drásticas pelas quais Cesareia passou nos últimos 2.300 anos. Há, lado a lado, vestígios arqueológicos do período helênico (3º século A.C.) ao período das Cruzadas (12º século), quando Cesareia era uma cidade portuária e, por muitos anos, a capital de Israel. Ela foi presenteada ao Rei Herodes por Augusto César, e recebeu o nome do rei. Herodes construiu um porto gigantesco, ao lado de instalações para entretenimento, casas de banho e templos.  No período bizantino Cesareia foi um centro cristão importante. Os primeiros pais do cristianismo (Orígenes e Eusébio) viveram lá e, de acordo com a tradição cristã, foi em Cesareia que o primeiro adorador de ídolos foi convertido - o centurião romano Cornélio. Durante o período das cruzadas, a cidade foi fortificada com muralhas e portões, que foram destruídos durante a conquista mameluca no século XIII. Seguimos para Yafo, onde faremos um passeio panorâmico, como também em Telaviv.Hospedagem. (Jantar incluído).

21/11/2018: Quarta-Feira: Telaviv > Brasil:

Café da manhã, tempo livre em horário determinado seguiremos para o aeroporto de Telaviv com procedimento de embarque em voo para o Brasil.

FIM DOS NOSSOS SERVIÇOS.

*15 pernoites, em hotéis de categoria turística superior, 3 a 4 estrelas.

*Transporte terrestre em ônibus de luxo climatizado.

*Café da manhã diário, conforme o sistema para grupos de cada hotel.

*09 jantares, conforme consta no roteiro.

*Kit de viagem Reisenthal (etiquetas para identificação das malas, porta documentos, capa para passaporte).

*Acompanhante de grupo Reisenthal desde Porto Alegre.

*Guia falando português ou espanhol nas cidades onde faremos city-tours.

*Passagem aérea, taxas.

*Seguro de viagem.

*Ingressos.

*Taxas de vistos

*Gastos pessoais: telefonemas, bebidas e refeições não mencionadas no roteiro como incluído.

*Taxas de remessa para o exterior IRRF e outras. 

*A viagem será realizada pelo valor acima mencionado, sendo que deverá reunir um grupo de no mínimo 25 pessoas.

*Reservamo-nos o direito de fazer alteração na sequência do roteiro, quando necessário, mas sempre manter o itinerário.

*Não trabalhamos com reservas.                      

*A garantia de participar do grupo se dará mediante ao pagamento da 1ª parcela e assinatura do contrato.

*Preços em dólares, sujeitos a reajuste sem prévio aviso.

*Pagamento em reais e convertido em dólares ao câmbio turismo vigente na data do vencimento de cada parcela.

* Seu Nome:
* Seu e-mail:
* Seu telefone:
* Mensagem:
   
 
  (*) = Campos obrigatórios